SEJAM TODOS MUITO BEM VINDOS!

O blog contém um pouco do muito em mim,ou seria melhor muito do pouco em mim?não sei bem ao certo,como acho que não sei bem ao certo de muita coisa que penso saber até hoje.enfim o blog foi feito com muito carinho e atenção a cada mínimo detalhe e é o resultado de anos escrevendo,desde textos da minha infância,adolescência e ate hoje.espero que gostem,sintam-se à vontade para me seguir e comentar.

Quem sou eu

Minha foto
Recife, PE, Brazil
"sou apenas um simples resumo complexo de todas as pessoas que já passaram por minha vida"

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Falta o corte nas veias


 Falta algo aqui, falta algo em mim.
Talvez meus pés, talvez minhas pernas, talvez o caminho.
Falta algo aqui, falta algo de mim,
Talvez um pedaço, talvez um osso, um braço,
Talvez uma metade, talvez uma mão na minha,
Talvez a minha mão na tua.
Falta algo aqui e ali, em todos os lugares
E em lugar nenhum, faltam os lugares
Que por si só desapareceram.
Me faltam os lugares carregando todas as lembranças empoeiradas,
Me faltam os lugares que hoje tão apagados
Já fizeram o meu sorriso acender,
Que fizeram do teu sorriso meu motivo pra viver.
Falta algo aqui, falta algo em meus lençóis,
Quase como ar em meus pulmões.
Me faltam inúmeras razoes,
Me excedem ilusões que eu mesmo criei,
Me assombram as decepções que eu mesmo plantei,
Se aprisiona em mim todo o mal que eu mesmo causei.
Falta algo aqui, falta você em mim,
Me falta o pouco de muito e o muito de tão pouco,
Muitas vezes me falta a pulsação,
Me falta a falta de noção, me falta o gosto da emoção.
Falta algo dentro de mim, algo que não tem fim,
Algo que foi interrompido pelo meio,
Que foi cortado pelo caule, algo que foi arrancado sem receio,
Falta o teu corpo nu no meu, falta a minha mão em teu seio.
Falta algo aqui, falta uma parte de mim,
A parte que me faz feliz, a parte boa em mim,
A parte que me completava,
Que me multiplicava e me tornava uma pessoa melhor,
Falta em mim a parte que sem dó me foi levada.
Falta a minha liberdade aprisionada,
Falta a tua presença exilada,
Falta a minha lagrima ser enxugada por você,
Falta um pouco de você em mim,
Falta muito de mim em ti.
Talvez uma verdade que eu não quero aceitar,
Talvez a certeza que você se foi
Talvez o não poder  te dizer adeus,
Talvez o vazio que fica nas veias aos poucos
Talvez a vista escurecendo, talvez meu corpo tremendo.
E o meu encontro indo de encontro ao teu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário